CLEBER LAZO


A partir de hoje, Mogi das Cruzes passará a ser rota de empresários dos ramos de lojas de animais, que comercializem peixes, tenham pesque-pagues, além de técnicos em aquarismo - profissionais que os utilizam como peças de decoração. Isso graças à feira de peixes ornamentais que passará a ser realizada todas as sextas-feiras, no Mercado do Produtor, no bairro do Mogilar. Além das espécies, serão vendidos acessórios e plantas, somente no atacado.

Excepcionalmente hoje, o evento vai ser aberto a partir das 16 horas e contará com a presença do prefeito em exercício José Antonio Cuco Pereira e do secretário municipal de Agricultura, Oswaldo Nagao. Nas próximas semanas, a exposição atenderá o público das 14 às 16 horas.

Segundo Nagao, o objetivo é difundir este ramo de atividade na Região. "Identificamos um crescimento acentuado e que não havia nenhum evento deste porte no Alto Tietê", afirmou.

Aproximadamente 30 pessoas criam peixes ornamentais na Cidade. "Eles não substituíram um produto pela criação dos peixes, mas conciliaram as plantações com a nova atividade", explicou.

Centenas de espécies serão expostas. Os preços são os mais variados possíveis, desde R$ 0,30 até mais de R$ 60,00.

Setenta e cinco expositores, de cidades como Igaratá, no Interior do Estado, vão ocupar uma área de 700 metros quadrados. Os peixes serão expostos dentro de sacos plásticos.

"As perspectivas são muito positivas, pois a adesão dos criadores e comerciantes à nossa ideia foi muito grande. Todas as vagas disponíveis estão preenchidas e temos 20 pessoas na fila de espera", destacou o secretário.

A ação, segundo ele, faz parte do programa para revitalizar, gradativamente, o Mercado do Produtor. "Quando falamos em revitalização, não estamos nos referindo apenas à questão física, mas também à profissionalização dos comerciantes, na melhoria da limpeza e ampliação da quantidade de produtos", assinalou Nagao. O evento poderá gerar mais de 100 empregos.

A vantagem de Mogi em relação a Guarulhos, onde ocorre uma grande feira de peixes ornamentais, segundo o secretário, é a localização próximo da Baixada Santista e Capital.

A Prefeitura também oferece outros atrativos aos expositores. Por meio de parceiras com a Fatec de Mogi, os produtores rurais serão informados sobre formas de criação e mesmo regularização no Ibama para aqueles que ainda têm pendência. Além da faculdade estadual, são parceiros da Prefeitura no projeto o Sindicato Rural e a Secretaria de Estado da Agricultura, por meio de seu escritório regional.

Matéria retirada do site: http://www.odiariodemogi.inf.br dia 14/08/2009





Nós confiamos em Deus!

2 Responses so far.

  1. Anônimo says:

    eu sou aquqrista.e quero conhecer a feira,por isso preciso saber o endereço,por favor,obrigado.

  2. Olá amigo, não conheço a feira, apenas postei a matéria. tente procurar na própria matéria que tem o local da feira, coloque este nome no google que ele provavelmente irá lhe informar o endereço!!!
    Obrigado