O formato dos Bettas splendens é estabelecido pelo esqueleto ósseo. A coluna vertebral vai da cabeça (onde está localizado o cérebro do animal) à cauda e é feita por pequenas vértebras.


Ligadas às vértebras estão as costelas, que protegem a maioria dos órgãos vitais.


Placas ósseas, chamadas opérculos, uma de cada lado, recobrem as guelras.



Os machos tem as cores mais intensas, as nadadeiras mais longas e são muito territorialistas. Na fase adulta, possuem um porte maior do que as fêmeas, em geral. O macho é quem fabrica o ninho de bolhas.


Um bom espécime deve ser corpulento, forte, sem ser gordo. Os mais agressivos, ao se ver no espelho ou a outro exemplar macho, normalmente são os melhores reprodutores e pais.



As fêmeas apresentam um ponto branco na região anal, o "oviduto", por onde são expelidos os ovos durante o casamento.


Nadadeiras


É um dos critérios de grande relevância na definição da linhagem e escolha de matrizes para reprodução de um espécime. As nadadeiras se projetam do corpo, em locais determinados, e são sustentadas pelas barbatanas (raios cartilaginosos). Quanto mais ramificados forem estes raios cartilagionosos, maior sustentação e amplitude fornecem às nadadeiras.

Podem ser:

Caudais

  • Single Tail (Cauda Simples) [ ST ]

    • Plakat [ PK ]
      Cauda curta, encontrada em espécimes selvagens. Muito semelhante à cauda de uma Betta fêmea atual.

    • Veil Tail (Cauda de Véu) [ VT ]
      Mutação. Cauda longa, a mais comum de se ver em lojas de aquários.

    • Roud Tail (Cauda Redonda) [ RT ]

      • Delta [ D ]
        Mutação. A cauda tem a formade um delta, a partir do pedúnculo caudal. A amplitude é medida em graus, podendo variar entre 50 e 70 graus.

      • Super Delta [ SD ]
        Mutação. É mais larga que a cauda em delta. Varia entre 70 e 120 graus.

      • Ultra Delta [ UD ]
        Mutação. Mais ampla ainda, variando entre 120 e 170 graus. Não é reconhecida oficialmente (concursos).

      • Half Moon [ HM ]
        Mutação. Tem o formato de meia lua. Cauda com 180 graus e os seus raios tem o mesmo comprimento.

      • Over Half Moon [ oHM ]
        Mutação. Tem formato que excede o desenho de uma meia-lua. Cauda com mais de 180 graus.

      • Crown Tail [ CT ]
        Mutação. Os raios da cauda se projetam além do final da cauda, formando um padrão semelhante ao de uma coroa.

        Variações:

        • Single Ray (Raio Único)
        • Double Ray (Raio Duplo)
        • Double Double Ray (Raio Dobro Dobro)
        • Triple Ray (Raio Triplo)

  • Double Tail (Cauda Dupla) [ DT ]
    Mutação. A cauda é naturalmente cortada ao meio, formando dois lobos caudais. O corte deve iniciar imediatamente após o corpo. A nadadeira dorsal de um Double Tail é ampla.

  • Triple Tail (Cauda Tripla) [ TT ]
    Mutação rara e não fixada. A cauda é naturalmente cortada em três partes, formando três lobos caudais. Os cortes se iniciam imediatamente após o corpo.

Dorsais


As nadadeiras dorsais dos Bettas splendens também variam de formatos, podendo assumir as seguintes variações:



Formato do Corpo

O formato do corpo também tem relevância, podendo assumir as seguintes variações:


Formato do Corpo


Saiba mais sobre a espécie visitando o website Betta Brasil (http://www.bettabrasil.com.br) e participando do grupo de discussões sobre o tema, mantido pelo mesmo website: http://br.groups.yahoo.com/group/bettabrasil/.

Marcio Luiz de Araujo
falecom@bettabrasil.com.br
Empresário da área de TI, desenvolve soluções para web. Graduado em Administração de Empresas pela PUC Campinas/SP. Aquarista hobbysta, apaixonado pela espécie Betta splendens, desenvolve e mantém o website Betta Brasil, é owner do Grupo de Discussões Betta Brasil.

Este vídeo, coletado da internet, mostra algumas raças desses fantáticos animais:



* A Aquarius Hopbby não se responsabiliza pela imagens e audio contidas neste vídeo.




Nós confiamos em Deus!