- Sintomas: Existem duas espécies uma que infesta as brânquias e o corpo, e outra que ataca apenas o corpo. Os peixes contaminados costumam concentrar-se em locais de água movimentada.

Podem se coçar em locais duros como pedras e cascalho, normalmente apresentando aspecto apático e ficando no fundo do aquário.

Um brilho cinza-azulado pode ser notado nos flancos do animal. Inicialmente, o peixe perde o apetite.

Causa forte turvação na pele (manchas esbranquiçadas), podendo mesmo nos casos mais graves, levar à destruição da pele, provocando feridas com sangramento. Podem ser também visíveis algumas ramificações vermelhas nas barbatanas.

- Tratamento: São recomendados o Aqualife ou Labcon Ictio ( 1 gota / 2 litros de água); pode-se também fazer banho, no aquário/hospital, numa solução de 2mg/l de Permanganato de Potássio (KMnO4); ou ainda um banho de sal (2,5 g/l de água) de 10 a 20 minutos por dia até que a pele fique clara.

Outro medicamento utilizado é o Sera Costapur combate e remove os parasitas de uma forma segura.

Matéria postada por:

Bianca Zupiroli

Av. Dr. Armando Sales de Oliveira, 730 Taquaral - Campinas SP CEP. 13076-015 Fone: +55 19 32949055 ou +55 19 19 32940644.

Nós confiamos em Deus!